Como ser lecau no Orkut – Parte II

29 05 2008

Agora que já tem o que vai chamar atenção para clicarem no seu profile, você tem que fazer com que as pessoas queiram ficar nele.

A ordem de leitura é: About me – Álbum – Volta pro profile.

Então segue as dicas.

 

Terceiro passo – About me

O famoso “quem sou eu”, é o que vai mostrar pras pessoas se você é interessante ou não. Verão se vale a pena explorar seu profile, pois caso contrário, no máximo vão olhar seu álbum pra ver se você é um rostinho bonito (ou se é bizarrinho).

Desinteressante: Letra de música inteira, um poema enorme, aqueles desenhos feitos com caracteres, um monte de cores e formatos de letra, declarações, “invasões”, listas de “amo” “odeio” “eu sou”, frases super clichês como “sou o que sou e não o que dizem”, “antes de me criticar me supere”, erros de português, miguxês, começar com: “ahhh eu sou um cara legal…” ou misérias assim. Colocar merdas coisas do tipo “sou praieiro, sou guerreiro, tô solteiro, quero mais o que?” ou “sou tiete da Ivete”. Escrever “Yes scrap = yes add, no scrap = no add” ou similares.

Interessante: O melhor é tentar falar o mínimo possível, uma frase concisa e de alto impacto, como “Eu só me fiz mudar, mas depois mudei de mim”. Mas se não tiver tanta criatividade, ou se não for muito bom nisso, experimente colocar umas palavras fortes e bonitas, sem o mínimo de sentido, muitas antíteses e sinestesia (cruzamento de sensações), que vão achar que você é inteligente, tipo “E naquele dia obscuro que me fartei de luz, todos puderam ouvir as minhas cores, e então pude acordar para viver novamente meu pesadelo”.

Para parecer descolado, você pode colocar uns pedaços em tiopês, mas no conteúdo tem que estar bem claro o seu grande senso de humor: “Sol legauz, tiop, el noa faol mau dos oltros, noa bebo, noa fuom, noa foodo ***rss, brinks, el foodo si!!11!!1 Mais mimdeisha faalr q el sol acim oie mimad pegael, uam peçoa bom rs beigos no corasoa!1!!!11”

 

Quarto passo – Álbum

Agora é sua chance de se exibir, as fotos devem ser colocadas com um certo critério de seleção.

So last week: Nu, semi nu, em baixa resolução, muita gente junta, paisagens, todo mundo bêbado segurando um copo de cerveja e exibindo, aliás, qualquer tipo de demonstração de “sou louco/ bêbado/ drogado/ sem noção/ vândalo/ pegador(a)/ vadia/ pegael” etc. Foto de cima pra baixo (emo). Em micareta, mostrando a língua, fazendo sinais de “jóia” ou aquele da “loko na boa”, 5 pares de dedos montando uma estrelinha ou todo mundo mostrando o au istar. Encher de fotos de outras coisas, pessoas ou animais sem você estar incluso. Legendas enoooormes, declarações, muitos símbolos, e todas essas baranguices  excêntricidades.

Tendência:  O (forjado) espontâneo, ou não, sempre funciona. “Pedaços” de você com uma boa aplicação de cores (cuidado com o emo). O grande truque é: Você não é humano, você não dorme, não come, não caga, não trepa. Então tente não mostrar momentos das coisas que você faz, você simplesmente existe sem pretensões ou expectativas de vida, mas sem exageros pra não ficar artificial (lembrando os pontos do “so last week”). Bons olhares “zou zéguizy”, “zou blasé” mas com moderação pra não ficar muito indie. Boas legendas são curtas e com significados meio confusos, ambigüidades, idiossincrasias e trocadilhos são marcantes.

 

 

Agora você já é apresentável, não perca as próximas dicas.

 

To be continued…

 

 

Bisteca

 

 

Anúncios




A Blibla em miguxês rs

28 05 2008

 

Este blog (ou pelo menos este Aleléx) não é muito fã do miguxês. Aqui no Purgatório, as almas tortas e penadas falam mesmo é o tiopês. Miguxês, só em doses moderadas, pufavô.

 

Mas não podíamos deixar de registrar esta matéria (séria) sobre uma iniciativa católica de tradução da Bíblia para o idioma dos emos. OMG wau!!!11eleven!!1 (qualquer semeliança não é mera coincidência)

 

Adiantamos um gostinho:

 

# Gênesis 1:1   No princípio, criou Deus os céus e a terra

# Gênesis 1:2   A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas

 

Virou isto:

 

# gENeSixXx 1:1   Nu priNCIpIU…krIow deUxXx UxXx ceuxXx I a terrAH

# geNEsixXx 1:2   a TErRaH…Porem…tavAh sEM FormAh I VaZiAH; HAviAh TrevaxXx SoBrE a fAcI dU AbismU…i u Espiritu di DeuxXx PaiRavah pOR SoBRe AxXx aguaxXx

 

Se descobrirmos de onde baixar a miséria toda, divulgaremos aqui. Ou quem sabe não lançam em CD-RSRS…

 

Aleléx

 





Para xingar com classe e elegância

28 05 2008

 

Este blog pretende contribuir de vez em quando para o enriquecimento cultural da galere, porque já dizia o profeta: “Nem só de brinks vive o homem”. Pensando nisso, trazemos hoje para vocês um jeito mais classudo e fino de desancar o menine que estiver torrando sua paciência.

Foi escrito pelo menine William Shakespeare, e você pode encontrar o bafão completo na cena dois, ato dois, da tragédia “Rei Lear”.

Começa assim: um menine lá na peça pergunta pro outro uma miséria tipo: “Quem vosê tá pençando que el sou, siliga!!1”

E a resposta (se quiser, imprima e leve com você pra usar nas emergências):

“Vosê é um patife, velhaco, lambedor de restos, siliga!; um vagabundo vil, enfatuado, vazio, indigente, lacaio de três mudas de roupa, LOL, fortuna de cem libras, sujo, de meias esburacadas, poltrão que vive de chicanas e só faz mirar-se no espelho, timato! Filho de uma rameira, capacho, malandro janota que só herdou baú de cacarecos, ai ovuley!; vocação pra proxeneta servil, tiodeio rs; enfim, não és nada mais que um composto de tratante pedinte, covarde, alcoviteiro, filho e herdeiro de uma cadela vira-lata, pára tudo e shama a nasa!; dou-te uma sova até ganires, se negares uma só sílaba dos títulos que te dei, simata ¬¬”

sobre a tradução

Use à vontade! Não tem restrições nem efeitos colaterais, mas não recomendamos se o menine for mais forte que vosê, fikdik.

Aleléx

 





Tiopês de gringo é legau, mas só fala de gato, como fas?

24 05 2008

Piscou a janelinha do meu Twitter. Era a Maíra mostrando uma frase que alguém tinha mandado pra ela. A frase dizia mais ou menos assim: “O Hai! Agora você já sabe como se diz Oi em LOLspeak!” A reação dela: “Cuma? Não entendi nada! Sai”.

Olhei praquilo, “LOLspeak”, e me deu um estalo… Deve ser o tiopês em inglês!

“Como diabos” – encafifa-se você – “fui ligar uma miséria dessas ao tiopês?…”

Simples! É que no clássico e apocalíptico romance “1984”, de George Orwell, existe o “Newspeak”, uma versão extremamente reduzida e simplificada da língua inglesa.

Ora, esse lolspeak poderia ser o inglês esculhambado, já que LOL é a risada miguxa deles. 😉

OK, pus no Google e, voilà, um novo universo lingüístico da Brinks se descortinou diante de meus olhos! Lolspeak ou lolcat é realmente a coisa mais próxima do nosso tiopês na língua de Shakespeare e da Britney Spears.

Eles inventaram uma miséria muito parecida com a nossa, com muitos erros propositais, maiúsculas surtadas e exclamações a rodo, mas a origem foi completamente diferente.

O tiopês deles nasceu do fenômeno bizarro de partilhar fotos de gatos (sim, o felino!) com outras pessoas na internet, acrescentando uma legenda dentro da foto, como se fosse o próprio gato falando alguma coisa retardada. O exemplo mais famoso é “I can has Cheezburger?”, que virou até nome de site…

Bom, mas chega de papo, que vocês já pegaram a idéia; vamos aos links:

Para ver como funciona o lolcat, este passo-a-passo hilário em cinco etapas é imperdível para os iniciantes.

Agora que você já pegou a manha, pode dar boas risadas lendo versículos da Bíblia em lolcat! Sensacional, e mais fácil de entender do que você pensa.

E, fechando com chave de ouro, um blog brasileiro sensacional que pegou a idéia do lolcat e, em vez de gatinhos, usa fotos do Lula: o LULALOL!

OMG wau!! i HOPE U HAS FUN!!11

Aleléx