A arte de desconversar

25 09 2008

Desconversar é uma arte. Sempre acontece de alguém fazer uma pergunta que te deixa encabulado ou que você simplesmente não está a fim de responder.
Como uma regra de boa convivência, não faça uma grosseria, pra que dizer um “isso não é da tua conta, cai fora” ou “prefiro não responder isso” se você pode desconversar e sair por cima? E melhor ainda, não se comprometer!
Advirto que com o uso devido das dicas, você irá aperfeiçoar as técnicas dessa milenar arte de sair pela tangente. Pra não dizerem que estou desconversando, citarei as principais escapatórias utilizadas por mim, que sem modéstia à parte, sou mestra nessa área.
Consegui listar somente as técnicas-base, pois afinal, quando se tem muita prática, já se começa a fazer sem necessidade de premeditação.
Sem mais delongas, o seu manual de sobrevivência aos constrangimentos cotidianos:

Responda a pergunta com outra pergunta

Ex:
– Você é gay?
– Por que, ta a fim de mim?

– Você usa drogas?
– Vai me convidar?

– Me dá um beijo?
– Está falando sério?

Faça brinks

Ex:
– Quantos anos você tem?
– Alguns a mais (a menos) que você.

– Qual a sua posição preferida?
– 47° a leste e 32° a oeste [morra de rir]

– Qual teu prato preferido?
– De porcelana HAHAHAHAHAHAHHAAHAHAHAHA entendeu? Entendeu?? PORCELANA!!!

Mude de assunto

Ex:
– O que você pensa sobre a economia nacional?
– Cara, sei que eu estou pobre pra caramba, estou devendo R$ 145,00 pro meu primo, sem falar que meu limite de cartão de crédito estourou e eu nem sei como vou pagar isso.

– Já transou em cima da mesa?
– Eu acho que cada objeto deve ser usado para a finalidade que foi feito. Se bem que eu adoro almoçar no sofá enquanto vejo TV na sala, sabe? Daí eu acabo, fumo um cigarro e vou dar uma cochilada. Acordo revigorado.

– Tem 15 reais pra me emprestar?
– Deixa eu achar minha carteira. Olha só essa foto 3×4 de quando eu tinha 5 anos! Uma gracinha né? Essa aqui é minha tia Vilma, bonita ela, pegava todo mundo quando era mais nova. Esse aqui é o meu melhor amigo, o Cláudio, tipo, eu adoro ele, mas ele bem que podia tirar essa verruga do nariz, não acha?

Finja que não entendeu

– Quer ir ao cinema comigo? [olhar sensual]
– Ah que legal! Eu estou louco pra ver aquele filme novo sobre necrofilia! Eu amo cinema! Sabe o que mais me irrita? Quem não me deixa ver o filme. Eu fico puto.

– Terminou a apresentação sobre os danos causados ao meio ambiente pelo trióxido de enxofre?
– Ah! Achei que fosse sobre o monóxido de enxofre! Por isso que eu não estava achando sentido nenhum nisso…

– Me deixa falar uma coisa no seu ouvido?
– O que foi meu dente está sujo? Estou com bafo? [vai ao banheiro]

Ou simplesmente, minta.

Ex:

– Já leu Schopenhauer? É bem a sua cara.
– Li alguma coisa… não achei muuuito parecido comigo não…

– Sabe fritar ovo?
– Claro, o meu é fudidão!

– Você é virgem?
– Ta me tirando? Claro que não. [rs]

Treine na frente ao espelho, no copo d’água com gelo, na laranja, na mão, sijoga.

Luddie Von

Anúncios




Descubra o seu tipo de personalidade

25 07 2008

Você é um narcisista? Anti-social? Caladão? Meio paranóico? Loucodoseucu? Toda tensa e ansiosa? Preguiça de gente? Coleciona esquisitices? Manias estranhas? Carente litrus?

Descubra a composição (mais ou menos) exata dessa sua personalidade complexa, exuberante e magnética que confunde e fascina quem convive com você, fazendo o revelador (e meio assustador) Teste do Transtorno da Personalidade.

Funciona assim: responda com honestidade as misérias perguntas formuladas (“acredita que possui dons extra-sensoriais”, “acha que as pessoas tramam coisas contra você pelas costas”, “às vezes se dá bem à custa dos outros” e outras indiscrições desse calibre), aperte o botão “Calcular Resultados” e respira fundo que lá vem bomba!

O teste é em inglês, mas o Lan House do Purgatório – sempre pensando no seu conforto e de toda sua família – cuidou disso pra você: clique aqui e guie-se pela nossa tradução exclusiva das perguntas.

Em mais alguns dias, postaremos a tradução dos textinhos que explicam o significado de cada atestado de maluco transtorno de personalidade:

  • Personalidade paranóide
  • Personalidade esquizóide
  • Personalidade esquizotípica
  • Personalidade anti-social
  • Borderline (personalidade limítrofe)
  • Personalidade histriônica
  • Personalidade narcisista
  • Personalidade esquiva
  • Personalidade dependente
  • Personalidade obsessivo-compulsiva.

Atenção: não use o teste como diagnóstico médico; ele serve apenas como forma elegante, discreta e impessoal de revelar o que você já sabia: que você não bate nada bem da cabeça, né, colhega. Cheio de tiques, toda cagada, todo errado, enfim…

Se você acha que sofre de algum distúrbio mais sério, é melhor dar razão à sua família, que te interditou no ano passado, e procurar novamente o psiquiatra que te atendeu no hospital-dia. Do qual, francamente, você nunca deveria ter fugido.

Segue a introdução (quase) séria da miséria toda, afinal, como dizia o profeta, “nem só de brimks vive o menine”:

O que é transtorno de personalidade?

Basicamente, trata-se de uma série de traços de comportamento que, juntos, podem afetar negativamente a sua vida. As causas podem ser as mais variadas, sendo algumas mais fáceis de tratar do que outras. Este teste foi concebido para reconhecer os dez transtornos de personalidade mais comuns (supra-citados).

É totalmente anônimo – pode sijogar e responder toda a verdade, por mais constrangedora que ela seja (e nós sabemos que é, né, hihihi).

Clique aqui se precisar da tradução das perguntas, e aqui para responder o teste.

E, como sempre, não deixe de voltar e partilhar com a gente suas misérias!

Aleléx

.
Add to FacebookAdd to DiggAdd to Del.icio.usAdd to StumbleuponAdd to RedditAdd to BlinklistAdd to Ma.gnoliaAdd to TechnoratiAdd to FurlAdd to Newsvine