Amy Lanhouse: loucadocudela

13 08 2008

Mais um game miserável que o Lan House traz para você. Desta vez, sua missão é ajudar a Amy Winehouse a fugir da Rehab e ir resgatar o namorado Blake da prisão, porque ela está lóki de dogras e está no cio!

Em nossa tradução livre da página de abertura do game:

Desastre e horror: a cidade está em ruínas. Isso inclui a clínica de reabilitação onde Amy Winehouse está enjaulada internada. Como ela está bêbadadocudela, drogada e no cio, seu papel é ajudá-la a fugir jogando seringas de heroína e garrafas de uísque na galere, ou dando cabeçadas com o inacreditável penteado beehive (ganhador do prêmio de Arquitetura Capilar de Helsinki), uma arma preta branca dos infernos. Saia distribuindo tabefes e cabeçadas nos inimigos miseráveis que aparecerão pela frente e ajude Amy a resgatar Blake da cadeia. Ajude a cantora loucadocudela a ter uma noite de zéguizo zelvagem no xilindró!

Siliga nos controles de teclado e nas dicas de armas miseráveis que você terá à disposição:

seta pra trás: Recuar
seta pra frente: Avançar
­­seta pra cima: Pular
seta pra baixo: Dar uma cabeçada com o penteado beehive
barra de espaço: Tabefes / Lançar seringas e garrafas

Dicas:

  • Pule para pegar as seringas e garrafas de uísque e jogá-las nos inimigos!
  • A cabeçada com o beehive é o ataque mais poderoso, mas seu número é limitado!

Quem conseguir a proeza final, tire um print e divulgue aqui, porque eu ainda não consegui, e quero ver como é!

Clique aqui para jogar.

Dica do Pix.

Aleléx

Anúncios




Amy Winehouse: toda cagada

4 07 2008

Galere, roubamos o ótimo título do post publicado hoje no blog papelpop.com porque, simplesmente, não existe expressão melhor para descrever o rascunho do mapa do inferno em que Miss Swinehouse se transformou.

O pessoal da Abril.com montou uma apresentação em flash destacando as partes mais cagadas do corpo da cantora loucadomeucu (célebro, pele, nariz, pulmão e até bochechas), tudo montado em cima de uma foto da época em que ela ainda estava tetéia e tchutchuca.

A gente vai clicando e acompanhando a transformação com breves textos explicando qual droga pesada foi responsável por aquela miséria; e a cada miséria, uma foto da sem-noção toda cagada enfiando o pé na jaca.

el era açim olia

.

O papelpop.com gostou (e nós também), mas considerou o flash uma “brincadeira”. Não concordo. Acho que foi um jeito criativo de falar de algo sério, e ainda juntou impacto visual a uma boa dose de informação.

Cliquem aqui para um susto e uma corrida com a miséria.

Aleléx

.
Add to FacebookAdd to DiggAdd to Del.icio.usAdd to StumbleuponAdd to RedditAdd to BlinklistAdd to Ma.gnoliaAdd to TechnoratiAdd to FurlAdd to Newsvine