Lan is in da House

16 11 2009

Gemza querida do éssi dois da lã: Estamos, aos poucos, despertando a Lan House mais acessada entre o céu e o inferno. Foi uma longa hibernação de alguns meses.

Ficamos todo esse tempo tentando convencer São Pedro a nos aceitar no Paraíso, mas, nas palavras do próprio, “não levamos a salvação a sério.” […quem foi o diabinho que inventou a epígrafe do blog?]

Como não conseguimos nos salvar, mas nunca esquecemos da alma perdida eterna de vocês, aproveitamos esse longo afastamento para pesquisar dicas que ajudassem na salvação da galere.

Seja qual for sua religião, etnia, cor, desorientação sexual ou nível de amor por bolinha de queijo fraterno, descobrimos as vantagens e desvantagens de algumas importantes atividades humanas.

O resultado dessa pesquisa inútil inédita você vê a seguir:

feng shui – equilíbrio e harmonia da casa para atrair boas vibrações. Prática bem aceita no céu. Pra quem você acha que o criador pede um trato no design das nuvens?

vudu – prática preferida de quem gostava de pôr tachinhas nas cadeiras. Hoje em dia, são os que cuidam do Facebook do Criador pra responder os pokes.

runas – os adeptos dessa prática costumam ser convidados por São Pedro para cuidar das chuvas de granizo.

hedonismo – evite andar nu pela casa. As paredes do céu têm ouvidos, mas os vizinhos têm olhos.

yoga – ótima opção pra equilibrar a alma, mas cuidado; você pode ter que andar como caranguejo por toda a eternidade.

hinduísmo – você vai se livrar de todos os bens materiais, inclusive do cabelo. Mas vale um alerta, não é necessariamente dos carecas que elas gostam mais.

macumba – aproveite que está na encruzilhada pra deixar a oferenda de galinha preta e escolha o logradouro celeste a seguir, colhega.

Pompoarismo – busca profunda por seu “eu interior”. Muito bonito na teoria, mas cuidado pra não perder nada aí dentro.

consumismo – você pode comprar roupas de marca, carros importados e uma casa na praia, mas seu lugar no céu não está à venda. A não ser que decida dar tudo aos pobres. Ou ao pastor.

absolutismo – você pode controlar o legislativo, o executivo e o judiciário, mas lembre-se: absoluta mesmo, só Stefhany.

cavalheirismo – Você adora mandar flores e abrir a porta pras damas, mas deixá-las passar na frente pelos portões do paraíso que é bom, nada, né?

charlatanismo – o dr. Fritz está sentado à direita de deus pai todo poderoso. Aproveite que nenhum dos dois tá olhando e vá brincar de enfermeiro com a filha do médico.

construtivismo – todo pedreiro frustrado faz pós-graduação na USP e se torna construtor de bordéis no céu, onde pode cantar diariamente todas as anjas contratadas, só que com fundo de garantia.

cromatismo – utilize o poder das cores para equilibrar sua vida. Vale um aviso: faça o que fizer, não use sombra azul.

pessimismo – achar que não vai dar certo algo que daria certo se você achasse que iria dar certo (mas você só acharia isso se sofresse de otimismo). não leva ao céu.

capitalismo – aproveite enquanto está vivo. O céu está seguindo as tendência de web 2.0 e agora todas as nuvens são compartilhadas sem necessidade de senha.

otimismo – você acha que aquela frase paspalha (“sem saber que era impossível, foi lá e fez”) é uma boa frase. Amigo, o otimismo também não te levará pro céu.

cubismo – você sabe que é preciso seguir os costumes e tradições já ensinados, mas ser quadrado demais não rola.

reumatismo desculpem, o estagiário da lan house sentou aqui quando fomos tomar um café e digitou isso, o fanfarrão rs

criacionismo – serão aceitos os católicos fervorosos, protestantes crédulos e usuários de Mac.

ecumenismo – você aceitou todos os mil caminhos que levam ao céu mas, infelizmente, a fila é única.

feminismo – queimar o sutiã na praça pública foi um ato revolucionário. E você aí, com medo de queimar seu filme com o gatinho.

jornalismo – você ficou tão preocupado em entender e explicar o que está havendo no mundo que esqueceu de si mesmo. Volte 4 casas.

sadismo – você adora pisar nos outros. E pior, de salto agulha hipodérmica.

narcisismo – nem precisamos dizer que você vai morrer afogado, né?

maquiavelismo – a base do sucesso de Napoleão. Mas lembre-se da posição em que ele perdeu a guerra; pode doer.

nudismo – é lindo abdicar de suas posses e vergonhas. Mas, por caridade, evite o constrangedor pirocóptero.

pacifismo – caminho perigoso. Você pode ficar a vida inteira se contendo e, quando São Pedro perguntar seu nome, é provável que solte um sonoro “vai toma no olho do seu cu”.

pansexualismo – amor livre, sexo sem limites. Às vezes, o céu parece um enorme Woodstock.

cretinismo – para entender o cretinismo, releia este post desde o início.

Ludivon e Aleléx





Nova colaboradora: minha tia Afrodite

3 04 2009

Minha tia Afrodite ficou sabendo recentemente que eu faço um blog e tals, ela adora a Ludivon (“uma graça de menina!”), e é do tipo essas tiazonas bem animadas, sabe? curte os lances modernos, até comprou a Época pra saber sobre o Twitter (“chique demais, gemza! vou entrar”)… daí, olha só a idéia dela:

“Eu posso escrever de vez em quando pra vocês dicas sobre um monte de coisas!”

Estranhei. “Como assim, tia? Que monte de coisas?” Ela: “Coisas que interessem aos seus leitores. Dicas… Sobre sexo!”

Nessa hora, como vocês podem imaginar, eu já tava achando melhor não discutir e entregar nas mãos miseráveis sábias do infinito. A gente tem a participação especial da Indecente, não tem? Pois então, que mal tem a tia Afrodite dar os pitacos dela também, né? Dizem que quando mocinha era do balaco e dava nó em… em pingo d’água… hihihi

Então, este post é apenas para avisar a vocês que, qualquer hora, tia Afrodite entrará aqui para dar uns pitacos, e vamos torcer para a sabedoria dela ser útil pra toda gemza. Deve nos render uma risada ou duas, pelo menos.

Esta aqui é ela. grande tia Afrodite!

tia Afrodite é legau

Oie!

Aleléx





O exclusivo mimizômetro do Lan House

29 03 2009

O mimimi (veja explicação no final do post) está invadindo a Internet. É tanto mimimi espalhado pelas redes sociais que o Lan House resolveu ajudá-lo a reconhecer se você também sofre desse problema e se está na hora de procurar ajuda profissional.

Some 1 ponto para cada resposta A, 2 pontos para cada resposta B e 3 pontos para cada resposta C. Se você marcar em torno de 5 pontos, parabéns, seu nível de mimimi é baixíssimo e deve ser bacana ser seu amigo. Se marcar em torno de 10 pontos, atenção: teu mimimi começa a preocupar, mas ainda existe esperança. Se marcar 15 pontos, é melhor rezar para ter algum atrativo bem forte ou ninguém vai te suportar.

1. Se você tem uma prova na escola ou na faculdade daqui a 2 dias, tem computador e internet em casa, você:

A) Senta o rabo no computador, pega os livros e textos da matéria e vai estudar. Até faz pesquisa no Google!

B) Fica enrolando, até liga o compu, aí checa seu orkut, vê se chegou email, abre uma conta no twitter (ou fica twittando se já tiver uma conta), e deixa o material para estudar ali do lado, porque, né? uma hora engrena.

C) Começa a se lamentar sentidamente, dirige palavras de fúria contra os deuses que te odeiam porque te obrigam a estudar aquela miséria, pensa que tem coisa muito melhor pra fazer, chuta o livro da matéria e sai pra comprar cigarro na padaria murmurando palavrões.

2. Se um menine ou menine que você acha fófis te chama pra sair, você:

A) Passa batão (se for menine), passa a chapinha (se for menine), põe uma cueca nova (se for menine) ou uma calcinha zéguizi (se for menine), e vai!

B) Fica insegurinha ou insegurinho do seu cu, e começa a pensar em um monte de pretextos pra não ir porque tem medo de dar tudo errado, mas acaba indo.

C) Inventa uma desculpa e diz que não pode, e fica em casa se torturando psicológica e fisiologicamente (devorando toras de chocolate, entrando em depressão e se lamuriando porque não teve coragem de aceitar o convite).

3. Teu pai ou tua mãe te diz que vai cortar a mesada porque você não está se esforçando o suficiente na escola/facul:

A) Você se manca, põe a mão na consciência, vê que é verdade, e conversa com eles, dizendo que vai se esforçar mais, e que eles podem aguardar os resultados, e pede para que a mesada seja mantida pois você fará sua parte!

B) Fica levemente desesperado ou desesperada do seu cu, não sabe o que fazer, mas acaba percebendo que não será o fim do mundo, será apenas por um tempo, nessa vida tudo passa, tudo paaaaassará.

C) Entra em pânico, teu mundo caiu, nada vale a pena, você bate (de propósito) com a cabeça na quina da pia da cozinha, esperneia, se lamenta, liga pra sua melhor amiga/melhor amigo, se debulha, ameaça cometer suicídio. Simata.

4. Você tá no maior lóvi com seu menine ou sua menine, amarradão ou amarradona, aí ele ou ela te diz: “Siliga, olia, a gemza tem que terminar, eu tenho um novo lóvi”.

A) O baque é forte, mas você é mais, segura a tua onda, não deixa o bambolê cair, ajeita a chapinha, conserta o boné e sai na elegância, dizendo que ela é uma vaca e não te merece mesmo, ou que ele é um pivete sem futuro e você tá melhor sem ele.

B) O choque é poderoso, te derruba na sarjeta, você sai cambaleando, erra o caminho de casa, mas, depois de uma semana já conseguiu se conformar com o pé na bunda e tá pronto/pronta pra partir pra outra.

C) Teu mundo caiu, você simplesmente não consegue aceitar, as lágrimas esguicham, você agarra a pessoa pelo pescoço, pergunta aos berros “Como você pode fazer isso comigo, você acabou com a minha vida, perdi o chão, perdi a pose, perdi o rebolado, perdi as chaves de casa e a vontade de viver!”

5. No ponto de ônibus, altas madrugas, o teu buzão não aparece e você não tem grana pra pegar um táxi.

A) Você fica firme e forte ali porque sabe que uma hora ele aparece, basta ter um pouco mais de paciência.

B) Você tá que não se aguenta em pé, tem um mendigo te olhando esquisito, mas não é o primeiro perrengue que já passou e você cata uma pedra no chão para o caso de uma emergência.

C) Você chora copiosamente e pragueja ao mesmo tempo. Teu ônibus passa e você não vê porque está chorando e praguejando copiosamente.

Agora, some seus pontos e divulgue os resultados aqui na Lan!

Aleléx

PS.: Ludivon me chamou a atenção que estava faltando uma explicação do que é “mimimi”. Gente, é simples: mimimi é mania de reclamar de tudo, de choramingar, de ficar se queixando, de ficar fazendo pipipipi igual o Chaves, enfim: onomatopéia de chororô. prontoexpliquei





A indecente nos telefonou

28 02 2009

Caros leitores, Ludivon me autorizou a divulgar para vocês em primeira mão que a Indecente entrou em contato com ela hoje para anunciar que tem novas revelações a fazer, e elas já estão escritas. Lud acaba de sair para se encontrar com a descontrolada simpática jovenzinha e recolher o material bombástico.

Assim que estivermos de posse dessas laudas cálidas e reveladoras, postaremos de imediato!

Maiores informações a qualquer momento. Avisaremos pelo Twitter e por todos os meios ao nosso alcance. Stay tuned, folks!

Aleléx





Histórias que menines contam – 2

27 01 2009

Conforme prometido, eis a segunda parte da lista de mentirinhas brancas que as menines contam na hora de vender seu peixe.

Fiquem atentos: melhor saber agora do que se arrepender depois!

Pequena Lista de Meias-Verdades Miseráveis (ou Mentiras Descaradas) que (Algumas) Molieres Adotam nos Sites de Lóvi

MEIA-VERDADE..

A VERDADE INTEIRA…:

Adora viajar

Se você estiver pagando

Adora bichinhos

Futura velha louca dos gatos

Madura

Vai reclamar todo dia que você é um eterno adolescente

Nova Era

Não se depila nunca, em lugar nenhum

Moderna

O ex-marido mora no sótão

Estilo antigo

Luzes sempre apagadas, papai-e-mamãe e olhe lá

Cabeça aberta

Tá topando qualquer um porque, mew, é agora ou nunca

Extrovertida

Vai te constranger em público

Intensa

Loucadocu

Mignon

Olhando de trás, vão pensar que você é pedófilo, o pai dela, ou as duas coisas

Intelectual

Deprimida, meio esquizofrênica

Romântica

Fica melhor quando observada à luz de velas

Autônoma

Desempregada

Confiável

Nem que quisesse iria encontrar com quem te trair

Espiritualizada

Pertence a uma seita

Equilibrada

Dopada

Alta e elegante

Anoréxica

Bronzeada

Estudo de caso para câncer de pele

Calma

Sonífero ambulante

Viúva

Você deve ser o próximo

Escritora

Pretensiosa sem noção

Procura alma gêmea

Assistir “Atração Fatal” novamente é uma boa idéia antes de se envolver com ela

Aleléx





Chega junto, gatchénho – II

11 01 2009

Você que é o timidozinhodoseucu deve ter se esbaldado com as diquinhas que dei no último post, então, como eu adoro encher vocês de informações inúteis fundamentais, continuarei o guia pra chegázuntinho dos menines e menines.

Lembre-se da linguagem corporal
O Aleléx já postou aqui na Lan uma vez um guia de comportamento corporal [veja aqui], ser observador é essencial, te poupa de ser um paspalho sem noção e sensibilidade. Ter a noção da linguagem corporal te poupa de uma tentativa frustrada, deve ser levada em consideração antes da abordagem. Ou seja, não cruze os braços nem evite contato visual, desperte o tigre em você.

Leve numa Buena
Siliga, chegázunto é na verdade uma tentativa de diversão, na maioria das vezes, até a aproximação já é um jogo divertido, é uma pré troca de fluxos gemza..
Você não vai estar tentando salvar a humanidade das abelhas rainhas assassinas ou pedindo alguém em casamento, ou seja, pra que o pavor?
A pessoa pode ser mais gostosinha que bolo de cenoura com brigadeiro e leite geladinho, mas ainda assim, é só uma pessoa.

Mantenha uma conversa estimulante e regada a risos, não a bocejos
Deve haver um bom motivo pra alguém querer manter uma conversa com você, seja porque você está sendo engraçado, inteligente ou minimamente agradável, mas manter o equilíbrio é essencial, ser engraçado demais pode acabar fazendo você virar uma piada, muita conversa [pseudo] inteligente [ainda mais em um momento que não exige tanta informação] pode te tornar chato e presunçoso.
Nesse tópico, vale a regra da linguagem corporal, se a pessoa está prestando a atenção em você e interagindo, ela está interessada, se parece dispersa, é sinal para você mudar o rumo da conversa ou cair fora.

Perca o medo do embaraço
Óóóóbvio que ninguém quer levar um saidaquipaspalho, mas se você ficar constantemente com medo de levar um saipralá, claro que nunca vai conseguir se aproximar de alguém com tanta insegurança. Faça tipo um mantra “hummm não tenho nada a perder hummmm”. Lembre-se que possivelmente você nunca mais verá a pessoa que te deu um fora.

Ninguém nunca morreu de éssi dois quebradinho, se você acha que estão fazendo voodoo com seu coraçãozinho, faça uma simpatia e chute essa macumba!

Ludivon





Mentiras que menines contam – 1

5 01 2009

O Lan House traz pra vocês hoje uma pequena e despretensiosa lista de potoquinhas e mentirinhas brancas que as menines-molieres contam quando preenchem o perfil nos sites miseráveis de namoro.

A lista não é exaustiva, mas será dividida em duas ou três partes. Traremos em breve as meias-verdades e dourações de pílulas dos homens, e talvez um apêndice para os estratagemas específicos da galere guei.

Divirtão:

Pequena Lista de Meias-Verdades Miseráveis (ou Mentiras Descaradas) que (Algumas) Molieres Adotam nos Sites de Lóvi

MEIA-VERDADE…:

A VERDADE INTEIRA…:

18 anos

trintão este mês

ama aventuras

já ficou com mais gemza do que você imagina possível ou saudável

carinhosa

possessiva-obsessiva

alma livre

promoção: confie nela de graça e ganhe uma passagem só de ida pro inferno

corpo atlético

uma tábua

beleza dentro da média

esquisita, leve mal-estar estético

linda

distorção patológica da auto-imagem

relacionamento sem maiores compromissos

troca HOJE essas cortinas horríveis e ensebadas!

comunicativa

interrompa-me se for capaz

senso de humor contagiante

faz aqueles trocadilhos de tiozinho: “é pavê ou pacomê?”

boa formação

largou a faculdade paga

emocionalmente segura

medicada

emprego fixo

atendente de telemarketing

curte arte e ópera

pretensiosa e metida a grandes merdas

consciência ecológica

viu uma manifestação do greenpeace na praia de ipanema uma vez

beleza exótica

espantalho, profundo mal-estar estético

cidadã consciente

mestra das picuinhas desnecessárias

financeiramente estável

entra no vermelho com absoluta regularidade

mente aberta

promíscua, maconheira contumaz

confiança em primeiro lugar

tentando contrabalançar a fama de vaca

divertidíssima

desprovida da noção de ridículo

tranqüila

vive em estado pré-comatoso

ótima ouvinte

autista, borderline ou as 2 coisas

inteligente

sarcasmo ferino e gratuito

intuitiva

sua opinião é dispensável

em momento de transição

precisa de alguém pra rachar as despesas

bebe socialmente

lava a boca com vodka antes de dormir

Continua…

Aleléx