Os 10 mandamentos Geek

7 05 2009

Você que é nerdinhodoseucu vai twittar.

1 – Não admitirás que és nerd

2 – Não farás pra ti nenhum ídolo, a não ser o hype do momento

3 – Não furtarás o ipod do teu próximo

4 – Não matarás o HD do teu colega

5 – Honrarás drive e modem

6 – Não cobiçarás o mac do teu próximo

7 – Participarás de mais redes sociais do que o número de dentes na boca

8 – Frequentarás somente locais que tenham wi-fi

9 -Não darás falso testemunho no caso do Pirate Bay

10 –  Lembra-te do dia do Campus Party, para santificá-lo.

bill gates gif

 

Mandem seus mandamentos, galere.

 

Ludivon





Ser Geek é…

5 04 2009

Quem me segue no Twitter deve ter visto a série miserável que comecei. Todas com brinks de geeks. Como ficaram muito divertidas e foi suuuuuceeeeeessooo, resolvi colocar aqui na Lan as melhores frases para a galere que não tem Twitter também pudese se divertir, ou não.

Para os que não sabem, vai aí uma definição de geek que encontrei no Wikipedia [bendito seja]

Geek é uma expressão idiomática da língua inglesa, uma “gíria” que define pessoas peculiares ou excêntricas obcecadas com tecnologia, eletrônica, jogos eletrônicos ou de tabuleiro etc.

Em outras palavras: nerd.

Vejam a misérias:

  • Geek não toma vacina, instala o Norton. [by @nilsonjr]
  • Geek não reclama, faz mimimi
  • Geek não troca de roupa, muda o layout
  • Geek não relaxa, fica software
  • Geek não fica excitado, liga o hardware
  • Geek não recebe visita, hospeda
  • Geek não faz cocô, faz download
  • Geek não precisa usar camisinha, tem anti-virus.
  • Geek não tem casa, tem domínio
  • Geek não toma remédio, passa o anti-virus
  • Geek não se reune com amigos, faz uma rede social
  • Geek n tem amnesia, apaga o historico [by @jehgasperotto]
  • Geek não tem recordações, tem memes
  • Geek não pechincha, vai no Buscapé
  • Geek não esquenta, pois tem ventoinha
  • Geek não compra fruta, compra blackberry
  • Geek não fica distraído, fica em stand by
  • Mulher geek não tem vagina, tem entrada USB
  • Geek não tem pinto, tem pen drive
  • Geek não erra, geek fail
  • Geek não tem mãe, tem modem
  • Geek não mede o pipi, conta followers
  • Numa relação sexual, o geek não pula as preliminares, utiliza o atalho
  • Geek não curte bunda grande, prefere banda larga
  • Geek nao tem emoção, tem emoticon
  • Mulher geek nao tem ponto G, tem .com

[essas duas últimas enviadas pela @jehgasperotto por msn, foi quando iniciou-se toda a bobagem]

* * *

Mandem aí suas geekices!

beijosmiretwitta

Ludivon.com





Histórias que menines contam – 2

27 01 2009

Conforme prometido, eis a segunda parte da lista de mentirinhas brancas que as menines contam na hora de vender seu peixe.

Fiquem atentos: melhor saber agora do que se arrepender depois!

Pequena Lista de Meias-Verdades Miseráveis (ou Mentiras Descaradas) que (Algumas) Molieres Adotam nos Sites de Lóvi

MEIA-VERDADE..

A VERDADE INTEIRA…:

Adora viajar

Se você estiver pagando

Adora bichinhos

Futura velha louca dos gatos

Madura

Vai reclamar todo dia que você é um eterno adolescente

Nova Era

Não se depila nunca, em lugar nenhum

Moderna

O ex-marido mora no sótão

Estilo antigo

Luzes sempre apagadas, papai-e-mamãe e olhe lá

Cabeça aberta

Tá topando qualquer um porque, mew, é agora ou nunca

Extrovertida

Vai te constranger em público

Intensa

Loucadocu

Mignon

Olhando de trás, vão pensar que você é pedófilo, o pai dela, ou as duas coisas

Intelectual

Deprimida, meio esquizofrênica

Romântica

Fica melhor quando observada à luz de velas

Autônoma

Desempregada

Confiável

Nem que quisesse iria encontrar com quem te trair

Espiritualizada

Pertence a uma seita

Equilibrada

Dopada

Alta e elegante

Anoréxica

Bronzeada

Estudo de caso para câncer de pele

Calma

Sonífero ambulante

Viúva

Você deve ser o próximo

Escritora

Pretensiosa sem noção

Procura alma gêmea

Assistir “Atração Fatal” novamente é uma boa idéia antes de se envolver com ela

Aleléx





Confissões de uma indecente – III

5 12 2008

A indecente manda dizer que o pastor está satisfeitíssimo com o andamento das confissões. Manda agradecer a todas as manifestações de apoio e pede a paciência de vocês para continuar se confessando, porque ainda tem muita miséria história pra contar.

No post de hoje, mais um episódio pecaminoso que ela precisa tirar de cima dos ombros para poder se sentir mais livre, leve e solta. Ouçamos com o essi dois aberto:

Faz pouco tempo, eu me apaixonei por um crente. Estava eu em uma festa open bar, na qual o meu namorado não quis ir, apesar de eu ter insistido. Fui de melindrosa, com saia de biscateira e meia calça (pois não queria que vissem minhas celulites); como sempre, bebi todas, festas open bar são as mais tentadoras. Naquele momento, vi um rapaz da minha sala, com quem eu não havia trocado nem três palavras em dois anos e meio de faculdade, ele estava vestido de Zorro. No auge de minha bebedeira, olhei para aquele cara e resolvi falar: eu sou completamente apaixonada por você, e ele permaneceu parado, boquiaberto, e chocado, não acreditando no que aquela menina que ele nunca tinha conversado na vida estava falando. Continuei: desde a primeira vez que te vi, não paro de pensar em você, sou louca por você. Ele disse: nossa, eu nunca imaginei. Quando ele disse isso, eu me toquei da merda que eu estava falando e pensei “nem eu”. Mas em vez disso, disse: é verdade. Então ele explicou que era evangélico e que namorava há 3 anos e meio, e apesar de sentir vontade, ele não trairia a namorada por não fazer parte da índole dele, que um beijo não seria apenas um beijo, que ele não conseguiria me beijar e dizer “eu te amo” para a namorada da mesma forma no outro dia. Eu (que também possuo namorado) resolvi filosofar, “eu não vejo mal em duas pessoas fazerem o que têm vontade, se elas não estão fazendo mal a ninguém”, ao que ele disse “mas todos da classe estão vendo”, daí eu dei uma de pedreira e disse “vamos lá ao cantinho”, ele disse “não, não é bem assim”, aquele papo de crente (é claaaro que se ele não quisesse já teria me dado um fora, ele estava tentado!!! não tenho dúvidas), ele voltou a explicar “pra mim, um beijo não é só um beijo” e eu finalizei para o crente “a gente não precisa beijar, a gente pode fazer outra coisa hihihi”, ele disse que eu estava muito bêbada e continuou me ignorando.

Ao fim da festa, fomos ao estacionamento, ele elogiou meu brinco, eu disse que ele devia gostar da dona, ele ignorou meu comentário. Mas dois dias depois veio à minha casa aprender estatística. Por favor, não pensem que não sou religiosa, tenho nada contra, ao contrário, sou muito religiosa, rezo todos os dias antes de dormir, quando acordo, medito pelo menos 15 minutos por dia, acredito no Segredo e vou fazer uma tatuagem de cruz.

Ludivon me pediu para subir este post porque ela ficou um pouco emotiva com o relato e não estava em condições. Mas já se recompôs, não se preocupem.

Aleléx

P.S.: E vocês pensam que acabou? pffffff

P.S.2: A indecente já está apaixonada por outro carinha fikdik





Primeira enquete miserável

2 12 2008

Devido ao sucesso das confissões da indecente (os dois posts anteriores a este), vimos que estava na hora de realizar nossa primeira enquete. Com esta forma de consulta aberta, podemos dar uma força à nossa querida indecente e ajudá-la a decidir o que fazer daqui pra diante.

Sem dúvida nenhuma, a opinião miserável qualificada de nossos leitores fará diferença. De nossa parte, nos comprometemos a repassar os resultados a ela quando dermos a enquete por encerrada. Não deixem de meter o bedelho na vida dela participar:

Notaram que vocês mesmos podem digitar uma opção diferente no campo “Other”, né? medo

Aleléx





Confissões de uma indecente

27 11 2008

Tenho uma amiga de facul que já há algum tempo anda curiosa com essa história de redes sociais, principalmente blogs. Outro dia, ela chegou pra mim e falou assim: “É você que escreve aquele blog, o Lan House do Purgatório, não é? Escuta, eu queria fazer um depoimento. É que estou entrando pra igreja, e o pastor disse que eu tenho de confessar todas as misérias que já fiz. E achei que nada melhor do que fazer isso publicamente num blog chamado ‘lan house do purgatório’. O pastor falou que é pra lá que eu vou, no mínimo! [não pra lan house, pro purgatório mesmo]”

Eu, Ludivon, não sou muito a favor de blogs do tipo “diário”, muito menos do típico “fala que eu te escuto”, a não ser que a pessoa tenha uma vida muito agitada e/ou interessante, e concluí que realmente esse era o caso dela.

Eu disse que por mim tudo bem, que então me mandasse um e-mail com o que ela quisesse confessar. Ela não quer se identificar, quer somente compartilhar suas experiências bizarras, portanto, se vocês curtirem, ela pode vir aqui mais vezes contar sua trajetória insana de vida. Esse é apenas um pedaço da carta de 387 kb [não mudei uma vírgula].

Eis que conheci um surfista (pobre… sem preconceito! Porém, preciso relatar este fato, que por sinal não me agrada). Terminei com meu namorado: estávamos indo para um casamento o qual estava perdendo a cabeça havia um mês… vestido… unha.. cabelo… etc… no dia do casório, o qual eu seria madrinha, o bonito me aparece de calça listrada e camisa xadrez!! Que tudo!! Pronto para o arraiá!!! O que eu fiz?? Imagina?? Perdi o controle!!! Começamos a brigar e tal, nos esbofeteamos, num momento de total descontrole joguei um tubo de laquê (uso laquê ás vezes, por isso possuo tal tubo), na cabeça dele, uuuhhhhhhhh, foi certeiro… que triste! A cabeça dele quebrou, começou a escorrer sangue pelo rosto. Achei que tinha matado-o (lembra do filme “Infidelidade”?? Então… ) Pensei, “ai morreu”, quando me aliviei com um grito dele: “sua vagabunda, você quebrou minha cabeça”. Ufa!!! Tá vivo…

Fui para o casamento tranqüila de que não havia matado-o, conheci o tal surfista que mais parecia um pedreiro, forte, bombado, peludo mas nem tanto, então claro, peguei. Queria ter dado aquele dia, mas não dei porque estava com uma cinta que empurrava minha barriga para que eu pudesse caber no vestido (aqueles de shortinho que vai até embaixo do peito) seria chato tirar na frente dele, então me fiz de pura e me esquivei da tentação. Trocamos telefones e ele ficou apaixonado por mim. Só dei o fora nele porque voltei com o meu namorado que me perdoou pela cabeça quebrada.

Um belo dia eu estava travada de tão bêbada e lembrei do pedreiro (codinome do surfista), estava na casa de uma amiga, era por volta de 02:00 da manhã, e resolvi fuçar no meu celular procurando por homens que poderiam estar disponíveis. Pensei: é este mesmo! (ressaltando que eram 02:00) E para a minha surpresa ele chegou na casa da minha amiga em 30 min (incrível porque  a Zona Leste aqui em São Paulo é um pouco longe da área nobre da cidade) (detalhe importante: ele tem um gol batedeira batido que o limpa vidros liga sozinho nas subidas), ele foi para a casa da minha amiga (eu já estava muito bêbada). Conversamos e conversamos, resolvi que naquela altura do campeonato, já não havia motivo para eu não dar, afinal, o cara era gostoso. Fomos para o quarto da minha amiga, que estava bem escuro, a única luz era a do corredor, a porta estava entreaberta. Ele tirou a roupa (na sombra parecia um macaco – grande e peludo) e veio todo sedento para cima de mim, daí pensei “huuuummm, é hoje que eu gozo, esse homem grande e velho deve saber como se faz, deve ter um pinto grande e foda”. Começamos a transar, papai-e-mamãe, INCRIVELMENTE no papai-e-mamãe o Fagundes dele escapava (de tão fino que era), além disso, ele não gozava nuuuuuunca e a minha amiga já estava começando a arder. Ele não gozava, o negócio escapando, periquita ardendo, (achei que eu que era a “larga”, não que o Fagundes que era fino). Enfim, ele gozou (glória, glória aleluia). 5 minutos depois o mandei embora pois já eram 5:00 da manhã e a empregada da minha amiga estava prestes a chegar e ela não podia ver ninguém lá.

No dia seguinte fui ao cabeleireiro e recebi várias mensagens apaixonadas dele, não respondi nenhuma, (pois apesar de ser rica, estava sem crédito, senão não perderia a chance de iludi-lo), e ainda assim, ele ciontinuava no seu monólogo pós-coito apaixonado.
[Devo lembrar que transamos sem camisinha. Fiquei com medo de ter engravidado, e depois relatei a ele, ao que ele me disse “tudo bem, adoro crianças” (seria um golpe?)].

Está assustador? Prometo que piora.

Ludivon





Lan House Chat ao vivo!

13 11 2008

Como estou cada vez mais conectado, usando todas as misérias da internet redes sociais possíveis, Twitter, Facebook, Tumblr, Plurk, Urgh e Blergh!, e me animando cada vez mais com as infinitas possibilidades de perda de tempo comunicação instantânea em tempo real, resolvi fazer uma experiência online aqui no blog.

Vou abrir uma janela temporária de chat ao vivo no Lan House do Purgatório durante uma ou duas horas, sempre de surpresa, e convidar vocês, nossos queridos leitores que estiverem online no momento, para participar e opinar sobre a patifaria atividade que eu estiver fazendo naquele momento.

A idéia é dividir com vocês – o público que sempre nos stalkeia prestigia – uma parte do cotidiano do blogueiro, criando um canal de comunicação mais direto e uma maior intimidade. Espero que gostem da experiência. Se der certo, farei outras vezes.

Com vocês:

Lan House Chat ao vivo com: Aleléx

15:45

Olá pessoal! Bem-vindos ao primeiro Lan House Chat ao vivo.

15:46

Acabo de chegar do almoço com a namorada, e, pelo clima, acho que vai rolar zéguizo daqui a pouco! hihihi

15:46

Ela tá no banheiro agora, fiquei aqui na cama esperando. Tô com um bom pressentimento! =P

15:47

Se bem que essa feijoada no meio da semana pode não ter sido uma boa. =\

15:48

[Comentário de Cecon]

Você acha que essa opção de cardápio pode ter influência negativa no bom andamento dos trabalhos?

15:49

Boa pergunta. Espero que não. Por sorte, a gente usa um colchão d’água, aí dá pra pôr a culpa de qualquer barulhinho mais chato nele. =~~

15:50

Vamos à primeira enquete com os leitores:

15:50

Quanto tempo devemos ficar nas preliminares?

0 a 5 minutos

(43%)

6 a 10 minutos

(55%)

Mais que 10 minutos

(2%)

15:51

Ela tá vindo *_*

15:52

Tamo nos pegando, beijação doida…

15:55

Ela acaba de dizer que beijo igual nos filmes!! = D

15:55

[Comentário de Broono]

ixi mau sinal!!1

15:56

Mas pode ser um elogio, não pode? O.o

15:57

[Comentário de {Gui}lherme]

infelizmente, acho que não, Aleléx. = (

15:58

A intenção foi elogiar?

Sim

(20%)

Não

(60%)

Mais ou menos

(20%)

16:00

Ela tá em cima de mim, tirando meu cinto. desculpem se eu deixar de repsonder alguma pergunta a partir de agora…

16:02

Acabo de peidar um pouquinho. =( Dei uma tossida e balancei a cama pra disfarçar. Acho que enganei bem. Vou beijar mais antes que o cheiro suba.

16:03

Trocamos de posição,. agora eu tô por cima

16:04

Tá ficando difi´cil usar o laptop. Talvez e4u tenha que passar pro Blackberry.

16:06

Ela acaba de dizer “hora de vestir a golinha rolê de borracha” Não sei bem o que respondo comofas

16:06

[Comentário de Patty]

Melhor fazer o que ela tá dizendo!

16:07

aham! droga, não vou conseguir segurar, tô quase, mas ela ainda não gozou!! Comofas?? AJUDEMM!!!

16:07

[Comentário de Ludivon]

rápido olha aqui! http://www.youtube.com/watch?v=KC9FtLQJoGM

16:08

Brigado! essa foi por pouco…

16:10

Ela tá fazendo um barulho dos diabos agora. Acho que tá quase tendo um be-bop-a-lula.

16:10

[Return in] 5 minutes

16:15

Pronto. Terminamos.

16:16

Acaba de dizer que sou “impressionante” na cama. uhull!! @_@

16:16

[Comentário de Gabizão]

Ela tava fingindo. \o/

16:17

Ela estava fingindo?

Sim

(85%)

Não

(10%)

Talvez

(5%)

16:20

Hum… acho que temos uma maioria de leitoras hoje. =/

16:21

Esta transmissão ao vivo foi encerrada.

Aleléx